Tipos de bóias para crianças

bóias para crianças

O calor chegou e a criançada voltou a frequentar praias e piscinas. Surge a dúvida sobre que bóia usar na criança. Mas você sabia que alguns desses dispositivos não passam de brinquedos e não são efetivamente equipamentos de segurança? Vamos conhecer os tipos e características de cada flutuador para criança?

Bóias de Braço

boia de piscina braço                    boia de piscina braço 2

Muito populares, mas são um brinquedo e não um dispositivo de segurança! Não oferecem proteção contra afogamentos!

Elas podem escorregar do braço, restringir movimentos da criança e apresentar vazamentos. Além disso, não ajudam a manter o rosto da criança fora da água.

Oferecem uma falsa sensação de segurança que pode ser perigosa. Jamais deixe a criança sozinha, mesmo que saiba nadar!

Recomendadas para crianças acima de 2 anos (verificar peso especificado pelo fabricante).

Média de preço: 30 reais

 

Bóias tipo anel

bóia redonda

         bóia anel

Mais um item que deve ser usado apenas para recreação e com a criança ao alcance das mãos de um adulto. Não deve ser usada por crianças abaixo de 3 anos.

Tem o risco de esvaziar por algum vazamento e não garante que a criança fique segura pois pode escorregar na bóia e afundar.

Preço médio: 30 reais

 

Bóias de sentar

bóia de enfiar os pés

Esse tipo de bóia permite que a criança fique sentada, com as pernas encaixadas em buracos na parte interna. Recomendada para crianças acima de 6 meses, que já conseguem ficar mais firmes sentadas.

Não é segura pois um movimento mais amplo da criança pode fazer com que a bóia vire e ela fique com o rosto na água. Além disso, a parte interna da bóia pode rasgar com o movimento e o peso da criança. Deve ser utilizada como brinquedo, ao alcance da mãos de um adulto.

Preço médio: 50 reais

Colete

boia de piscina colete espuma         boia de piscina colete inflavel

boia de piscina colete

 

A Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (Sobrasa) e a Sociedade Brasileira de Pediatria recomendam esse tipo como o mais seguro para crianças abaixo de 4 anos, pois é improvável que a criança consiga retirar sozinha. Existem modelos de espuma e também infláveis.

Os coletes usados para recreação não apresentam certificação da Marinha, como ocorre com coletes salva-vidas utilizados em barcos ou navios. Alguns têm certificação do Inmetro por se enquadrarem na categoria de brinquedos.

Apesar de considerados “mais seguros”, caso a criança vire de cabeça para baixo na água, o colete não irá ajudar. Há algumas críticas também pelo fato de o colete subir um pouco quando a criança está na água, atrapalhando a movimentação.

Recomendado para crianças acima de 2 anos (verificar peso especificado pelo fabricante).

O preço médio varia de 30 reais (inflável) a 150 reais (espuma).

 

Bóia “Puddle jumper”

boia de piscina puddle

Possui um flutuador que fica no peito da criança e dois flutuadores para os braços.

Esse tipo de bóia é um ótimo auxílio para aumentar a confiança da criança na hora de aprender a nadar. Ao contrário do colete, que tende a jogar o corpo da criança para trás, essa bóia permite que a criança projete o corpo mais pra frente.

Nos Estados Unidos é aprovada pela Guarda Costeira como dispositivo de segurança.

Recomendada para crianças acima de 2 anos (verificar peso especificado pelo fabricante)

Média de preço: 150 reais

 

Bóia de Pescoço

boia de pescoço

Essa bóia geralmente é usada por bebês menores e mantém apenas o pescoço e cabeça para fora da água.

Apesar de alguns pais acharem que a criança fica confortável nessa bóia, especialistas alertam para um possível desconforto para a musculatura do pescoço, tão essencial nessa idade, recomendando mais exercícios com o bebê de barriga para baixo se o objetivo da atividade for realmente apenas o estímulo do bebê. Além disso, o bebê deve estar ao alcance das mãos pois pode escorregar e cair para dentro da água.

Média de preço: 80 reais

 

Atenção!

Nenhum dispositivo de flutuação substitui a supervisão constante de uma adulto! Fique atento!

 

Deixe um comentario