Como evitar acidentes com crianças na piscina

segurança na piscina

O tempo esquentou e as famílias voltaram a cair na piscina para se refrescar. É sempre bom lembrar algumas dicas de segurança para que crianças e adolescentes possam curtir esses momentos sem perigo.

Veja algumas dicas de segurança:

  • Nunca deixe a criança sozinha dentro ou na proximidade da piscina nem por um segundo! Um adulto deve supervisionar sempre!
  • Crianças abaixo de 5 anos devem estar ao alcance dos braços de um adulto sempre.
  • Bóias do tipo colete são mais seguras do que as de braço ou com encaixe para pernas (Veja nosso post sobre os tipos de bóias)
  • Oriente as crianças a não fazer brincadeiras violentas, como empurrões à beira da piscina.
  • Oriente as crianças a obedecer as regras de segurança de clubes e parques aquáticos.
  • Lembre-se que aulas de natação não são garantia de que seu filho não irá se afogar!
  • Não entre em piscinas que estejam com o ralo aberto ou manutenção duvidosa.
  • Não deixe brinquedos boiando na piscina se não tiver ninguém utilizando. Isso pode atrair a criança para a água.
  • Evite que crianças corram ou andem de bicicleta no deck de piscinas.
  • Oriente crianças maiores e adolescentes a não desafiarem seus limites, por exemplo, tentar nadar em uma profundidade maior ou por distâncias maiores do que está acostumado.
  • Piscinas devem ser adequadamente cercadas (proteção com pelo menos 1,5m de altura, espaço de no máximo 12cm entre as grades e portão com fechamento automático)

Lembre-se que afogamentos ocorrem de forma silenciosa e geralmente a vítima não se debate como vemos em filmes e novelas. Portanto, todo cuidado é pouco!

Deixe um comentario