Alimentos Orgânicos: Necessidade ou Exagero?

Alimentos orgânicos: necessidade ou exagero?

Você escuta o tempo todo que as suas escolhas para a alimentação do seu filho vão definir como ele vai comer no futuro, e realmente isso é a mais pura verdade. Mas na hora de oferecer vegetais e frutas surge aquela dúvida: será que eu tenho que gastar mais só pra oferecer tudo orgânico?

Qual a diferença entre os alimentos de cultivo orgânico e cultivo convencional?

Os  orgânicos são cultivados sem auxílio de agrotóxicos. Do ponto de vista nutricional não há diferença entre os alimentos, ou seja, os níveis de minerais, vitaminas, nutrientes, proteínas, lipídios e antioxidantes são os mesmos tanto em orgânicos quanto em convencionais.

Nesse link você vai encontrar um texto da Academia Americana de Pediatra sobre vantagens e desvantagens dos orgânicos.

Por que devo me preocupar com agrotóxicos?

Os agrotóxicos são substâncias adicionadas no cultivo para eliminar pragas e podem ser prejudiciais à nossa saúde, provocando em casos mais leves alergias, náuseas e dores de cabeça podendo levar em casos mais graves a doenças como câncer, malformações fetais e infertilidade. Crianças ainda apresentam sistema imunológico e neurológico imaturo e são particularmente mais suscetíveis a efeitos danosos desses venenos.

O Brasil ocupa o primeiro lugar no ranking mundial de consumo de agrotóxicos. Segundo dados da Anvisa, cada brasileiro consome em média 5,2 litros de agrotóxicos por ano. Estima-se que 70% dos alimentos in natura consumidos no país estão contaminados por agrotóxicos. Mas a preocupação vai além dos alimentos consumidos in natura, pois segundo a Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco), produtos como soja, milho, cana de açúcar, cítricos, café, feijão, batata, tomate e maçã estão entre os mais contaminados. Ou seja, até mesmo em produtos industrializados que consumimos os agrotóxicos estão presentes. Há estudos que apontam que algumas substâncias estão presentes também em carnes e leites/derivados devido a alimentação dos animais com ração contaminada.

Quais são os alimentos in natura que apresentam maior concentração de agrotóxicos?

De acordo com a Anvisa, o pimentão é o campeão (92% dos pimentões estudados estavam contaminados), depois vem morango (63%), pepino (57%), alface (54%), cenoura (49%), abacaxi (32%), beterraba (32%) e mamão (30%).

Onde posso comprar alimentos orgânicos?

Existem feiras e produtos licenciados, com o selo oficial de produto orgânico. Cuidado para não levar “gato por lebre” em feiras não oficiais. Consulte lugares de confiança em sites e orgãos oficiais.

Nesse link você vai encontrar a relação de feiras oficiais em todo o Brasil.

Mas é imprescindível que eu ofereça alimentos orgânicos à minha família?

O consumo de alimentos orgânicos, sem agrotóxico, ainda é pouco acessível à maioria da população já que são, em média, 30% mais caros, além de não estarem disponíveis em todos os lugares.

Para a Academia Americana de Pediatria o mais importante é que a criança coma uma boa variedade de frutas e vegetais, sejam eles orgânicos ou não. Ou seja, se for pra não dar esses produtos pro seu filho porque faltou dinheiro, esqueça os orgânicos e ofereça os produtos convencionais. Se sobrar um pouco no orçamento, compre apenas os produtos sabidamente mais contaminados por agrotóxicos e os que seu bebê e sua família mais consomem em casa, podendo fazer o restante da feira com alimentos não orgânicos para diminuir custos.

Não tenho condições financeiras para comprar orgânicos ou não encontro com facilidade na minha região. Há algo que posso fazer para reduzir os riscos para minha família?

Sim. Veja abaixo algumas medidas:

– A Anvisa recomenda comprar frutas e vegetais que tenham o rótulo com o nome do produtor pois verifica-se que esses produtos contém menor quantidade de agrotóxicos por serem identificados caso haja irregularidades.

– Opte por consumir produtos da época pois além de mais baratos, apresentam o cultivo mais favorável, fazendo com que venham com uma carga bem menor de venenos.

– Higienizar adequadamente os alimentos antes do consumo pode minimizar a quantidade de agrotóxicos mas não eliminar totalmente pois uma parte é absorvida pelo alimento.

Assista o nosso vídeo com orientações para higienização de vegetais e frutas.

– Escolha produtos sem a casca comprometida e retire e descarte áreas com dobras difíceis de lavar

Lembre-se que independente de ser proveniente de cultivo orgânico ou não, a oferta de frutas e vegetais deve ser incentivada para que seus filhos cresçam conscientes do que é uma alimentação adequada. Uma alimentação balanceada, com menos produtos industrializados é a opção certa para manter sua família saudável!

Deixe um comentario